sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Delegado do MDA participa de dialogo com turma do Curso de Graduação Tecnológica em Gestão de Cooperativas da UFRN



O Delegado Federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário(MDA) no Estado do Rio Grande do Norte Raimundo da Costa Sobrinho esteve nesta noite(28) de novembro participando de debate com a turma do Cursos de Graduação Tecnológica em Gestão de Cooperativas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte(UFRN). Como tema principal do debate este a Central dos Produtos da Agricultura Familiar e da Economia Solidária do Estado do Rio Grande do Norte, seu funcionamento, modelo de gestão e a contribuição do curso e da UFRN nesse processo.

O delegado fez um resgate histórico do processo de organização e comercialização da agricultura familiar no RN e seus desafios, ressaltou a importância e o papel da UFRN como instituição acadêmica a parti desse curso ou outras iniciativas e logo após houvio contribuições dos alunos. Esteve participando do debate com o delegado a assessora da Delegacia Federal do MDA no RN(DFDA) Socorro Oliveira, onde reforçou o debate trazendo como elemento de contribuição a experiencia de comercialização com os produtos da agricultura familiar em Alagoas.

O Curso de Graduação Tecnológica em Gestão de Cooperativas é uma iniciativa da UFRN em parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária(INCRA) com recursos do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária(PRONERA). A turma é composta por 47 alunos de áreas de Assentamentos da Reforma Agrária, do Programa Nacional de Crédito Fundiário(PNCF) e de comunidades quilombolas públicos alvos do PRONERA.


quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Federações se encontram em Brasilia e discutem os rumos do Cadastro dos Segurados Especiais na Previdência social.

Foram dois dias de muita discussão à respeito dos erros e acertos no cadastro.  No final foram tiradas propostas para melhorar e intensificar as ações do MSTTR nas bases territoriais.




terça-feira, 26 de novembro de 2013

Agricultores do Semiárido financiaram mais de R$ 735 milhões nos primeiros meses da safra


De julho a outubro de 2013, mais de 234 mil agricultores familiares da região do Semiárido brasileiro fecharam contratos pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), o que corresponde a um valor total de R$ 735,2 milhões financiados. Os dados são do Banco Central e se referem aos estados contemplados pelo Plano Safra Semiárido.
“Os resultados são muito bons. Eles demonstram que mesmo com a continuidade da seca, estamos mantendo os investimentos. Nossa expectativa é que, em janeiro, com o início das chuvas, haja um crescimento das operações e um salto expressivo para os agricultores”, diz o secretário da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SAF/MDA), Valter Bianchini.
Este é o primeiro ano em que o Governo Federal lança um Plano Safra específico para o Semiárido, com R$ 7 bilhões disponibilizados para o crédito dos agricultores dos nove estados da região: Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Minas Gerais. Desse montante, R$ 4 bilhões em crédito são destinados aos agricultores familiares por meio do Pronaf, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).
A ação, inovadora no País, contempla investimentos em segurança hídrica, reserva de alimentos para o consumo animal e mercados para a comercialização aos agricultores.
Condições especiais
Com o objetivo de incentivar a produção de culturas alimentares adaptadas à realidade do Semiárido e reservas estratégicas de alimentos para consumo animal e água para produção, o Governo Federal criou condições especiais para os agricultores, com o Plano Safra Semiárido.
As taxas de juros do Pronaf passaram a ser diferenciadas. Para as operações de custeio, os juros são de 1% a 3%, ao ano – nas demais regiões, os juros variam entre 1,5% a 3,5%. Já os contratos de investimento, têm juros de 1% a 1,5%, ao ano – para o restante do País, as taxas ficam entre 1% e 2%.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Contribuição Sindical Rural 2013


Sai o Edital da Contribuição Sindical Rural 2013 - Click na imagem para ler o edital.
A contribuição Sindical é obrigatório para trabalhadores rurais segurados especiais assalariados ou que vivem em regime de economia familiar. As guias podem ser impressas no endereço eletrônico:  http://www.contag.org.br/arrecadacao/guias.php, fetarn.blogspot.com ou poderá ser encontrada na sede do sindicato do seu município



Parceria garante mais R$ 53 milhões para ampliação do Ater Mais Gestão

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) dão início nesta quinta-feira (21), à execução da parceria para  ampliar o Programa Ater Mais Gestão. O ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, participa da solenidade em que o Sebrae vai liberar recursos de R$ 53 milhões em assistência para as cooperativas atendidas pelo programa. O MDA já liberou mais de R$ 52,5 milhões para o Mais Gestão. 

Segundo o coordenador de Cooperativismo e Organização Econômica da SAF, Manuel Bonduki, o ministério, além de formular a política de assistência técnica para as cooperativas, fiscaliza a execução e articula parceiros para dar maior suporte junto às cooperativas. “Esta participação do Sebrae vem dobrar  o investimento do MDA em Ater para as cooperativas e ampliar nossos esforços pelo desenvolvimento econômico dessas organizações”, informa. 
Durante a quarta-feira (20), delegados federais do MDA dos 19 estados envolvidos no programa participarão de encontro para avaliar o andamento do Mais Gestão. Na avaliação do coordenador, o a participação do Sebrae complementa o projeto. “O trabalho das nossas parceiras de Ater vai ser complementado com os serviços do Sebrae de cada estado, de acordo com a necessidade de cada cooperativa, desde o  desenvolvimento de rótulos e embalagens até ações de adequação ambiental” explica Bonduki. 
Mercado
O programa foi ampliado no início de 2013 e tem como objetivo fortalecer a área administrativa das cooperativas da agricultura familiar de todo o Brasil por meio de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). De acordo com Manuel, o objetivo é “garantir acesso a mercado e fortalecimento da gestão desses empreendimentos, para gerar renda a seus associados”. “O programa trabalha a Ater voltada para empreendimentos. São discutidas todas as áreas da gestão como as questões contábeis, fiscais, organizacionais até comerciais, a relação com os associados e a agroindustrialização”, explica o coordenador. 
Atualmente, existe em aberto a chamada pública de Ater nº 17/2013 no valor de R$ 4,9 milhões, para contratação de duas entidades de Ater que atenderão 57 cooperativas - 42 da Bahia e 15 do Espírito Santo. 
Estados que participam do encontro:
Acre
Alagoas
Bahia
Ceará
Espirito Santo
Goiás
Maranhão
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Minas Gerais
Paraíba
Paraná
Pernambuco
Piauí
Rio Grande do Norte
Rio Grande do Sul
Santa Catarina
São Paulo
Sergipe 
Serviço
Encontro Programa Mais Gestão
Data: 21 /11 (quarta e quinta-feira)
Horário: 9h
Local: Sebrae – 515 Norte. 
Tássia Navarro
(61) 2020-0227 / (61) 2020-0262
imprensa@mda.gov.br 

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

JORNADA SINDICAL SAO JOAO DO SABUGI

SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS DE SÃO JOÃO DO SABUGI CONSOLIDA O CADASTRO DOS SEGURADOS ESPECIAIS NA COMUNIDADE "CACHOS". 
PARABÉNS AO PRESIDENTE JOSEILSON E TODA A SUA DIRETORIA PELO BRILHANTE TRABALHO JUNTO AS COMUNIDADES RURAIS.






quarta-feira, 13 de novembro de 2013

JORNADA SINDICAL DE MONTE ALEGRE

Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Monte Alegre dá inicio as reuniões nas comunidade rurais para discutir sobre o CADASTRAMENTO DOS SEGURADOS ESPECIAIS NA PREVIDÊNCIA através da JORNADA SINDICAL
Para o Presidente do Sindicato o Sr. Antonio "é de fundamental importância que os trabalhadores rurais façam esse cadastro para garantir os seus direitos como segurados especiais".

 
 



Parceria entre o Sindicato, CEAAD, IDE e FETARN poderá garantir a construção e reforma de casas através do PNHR em Jandaíra

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Agricultores e agricultores lotam casa sede do Cabeço.



Obdon apresenta o PNHR

Uma parceria entre o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jandaíra e duas ONGs poderá possibilitar o acesso de agricultores e agricultoras familiares, trabalhadores e trabalhadoras rurais ao Programa Nacional de Habitação Rural(PNHR). Entre as instituições está o Centro de Estudo e Assessoria Aplicada ao Desenvolvimento(CEAAD) e o Instituto de Desenvolvimento Econômico(IDE) que já desenvolvem projetos no município de Jandaíra em parceria com o Sindicato.

No ultimo sábado, dia 26 de novembro de 2013, na casa sede da comunidade do Cabeço o Sindicato juntamente com as instituições e a assessoria da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte(FETARN) nas pessoas de Obdon Fernandes e Cícero Figueiredo apresentaram um resgate histórico, o que é o PNHR e quem tem direito a participar do programa. Mais de 50 agricultores se fizeram presentes no momento, onde foi tirado uma agenda de trabalho entre a Diretoria do Sindicato, os trabalhadores e trabalhadoras interessados a participar do programa através do Sindicato e as instituições.

Alem dessas dessas parcerias o Sindicato já vem dialogando e firmará parceria política com as associações comunitárias e a EMATER, dentro desse exemplo, está a parceria da Associação de Jovens Agroecologistas Amigos do Cabeço(JOCA).O PNHR proporciona a construção e reforma de casas subsidiada na zona rural para agricultores familiares com a Declaração de Aptidão ao PRONAF ou trabalhadores e trabalhadoras rurais com renda inferior a 15 mil reais por ano.

O CEAAD por exemplo já trabalhar à vários anos no município de Jandaíra em parceria com o Sindicato, onde já desenvolve, por exemplo, o Programa Um Milhão de Cisternas Rurais(P1MC), Programa Nacional de Crédito Fundiário(PNCF) onde foi executado o Assentamento Trincheiras II e o assessoramento técnico por um período no Assentamento Guarapes. A perspectiva da parceria é garantir a construção nas comunidades rurais e a reforma das 26 casas do Assentamento Trincheiras II, mas segundo o Presidente em Exercício do Sindicato Daniel Matias de Souza já existe também dialogo com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária(INCRA) para a realização das reformas das casas dos Assentamentos Santa Inês e Guarapes em parceria com outras instituições que atuam junto ai INCRA e ao Sindicato.







Francisco Melo(Diretor do Sindicato, colaborador da EMATER e presidente da JOCA)







João Maria (representante do IDE)



João Vicente(representante do CEAAD)

Postado por STTR de Jandaíra/ RN às 15:37 Nenhum comentário:

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

ENCONTRO REGIONAL DA TERCEIRA IDADE

O pólo regional do grande Natal realizou neste dia 08, na comunidade traíras - Macaiba-RN, o encontro regional de políticas para a terceira idade rural.
O evento contou com a participação da CONTAG, FETARN e sindicatos regionais.  Foram mais de 150 pessoas que dedicaram seu tempo para ouvir o que os convidados tinham para dizer sobre a saúde na terceira idade e os direitos dos idosos.  O evento terminou com sorteio de brindes e forró



 




POLO DO TRAIRI

Os sindicatos do polo do tariri se reuniram no município de São José do Campestre para conhecer a ferramenta de cadastro dos segurados especiais na previdência social.
A reunião foi participativa e os dirigentes tiraram todas as suas dúvidas.



Mulheres do Serido em Marcha

Aconteceu hoje (07), pela manhã a 5° Marcha das Margaridas do Seridó na cidade de Acari, Mulheres de todo o Seridó foram as ruas de Acari m...