sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Canavieiros participam do segundo dia de debates do Seminário de Assalariados da Fetag-AL


Em três dias de debates, dirigentes e trabalhadores rurais do corte da cana participam, em Maceió, do II Seminário de Assalariados promovido pela Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura no Estado de Alagoas (Fetag-AL). 
O evento - realizado na sede da entidade sindical, no bairro de Mangabeiras - reúne cerca de 120 filiados do movimento sindical rural que discutem propostas para a convenção coletiva de trabalho do setor canavieiro 2012/2013.
“Este encontro é muito importante para a categoria. Afinal, a gente envolve os dirigentes e os trabalhadores do corte de cana que trazem os subsídios necessários para que possamos construir uma boa minuta de propostas para ser apresentada a classe patronal no processo de negociação da convenção coletiva de trabalho 12/13“, declarou Genivaldo Oliveira, presidente da Fetag-AL.
O encontro traz como com vidados secretários de Políticas Salariais das Federações dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura dos Estados de Pernambuco e do Rio Grande do Norte. “Com a presença de representantes de outras federações do Nordeste, estamos conhecendo a realidade dos trabalhadores do corte da cana na região”, reforçou Oliveira.
Assembleias
As propostas apresentadas no seminário serão colocas em votação, em setembro, em assembleias que serão realizadas nos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR). Após ser aprovada, a minuta com as propostas da categoria será encaminhada para a classe patronal para que seja dado início a negociação do acordo coletivo. 
“Realizando as assembleias em setembro nos sindicatos, em outubro daremos início ao processo de negociação com a classe patronal”, acrescentou o presidente da Fetag-AL, lembrando que os trabalhadores rurais da cana tem a data-base fixada no dia 1º de novembro.
“O seminário tem uma importância muito grande. Estamos tratando da vida e dos ganhos dos trabalhadores rurais do setor canavieiro. Queremos propostas de melhores salários e condições de vida para os trabalhadores”, declarou Antonio Torres, secretário de Assalariados da Federação de Alagoas.
Segundo ele, ao final do seminário serão escolhidos integrantes de duas comissões de trabalho que estarão fazendo parte do processo de negociação para a convenção coletiva 12/13.
“A primeira comissão vai participar diretamente das reuniões com a classe patronal e outra vai trabalhar, simultaneamente, com a base durante todo o processo de negociação”, finalizou Torres.

STR Goianinha faz sua previsão orçamentária

STR de Goianinha comemora com seus associados e associadas as festas de final de ano. Ao mesmo tempo fez sua previsão orçamentária para o ex...