sexta-feira, 8 de março de 2013

Trabalhadores do Rio Grande do Norte se uniram aos mais de 50 mil e reivindicaram direitos trabalhistas na 7ª Marcha das Centrais

O centro de Brasília foi tomado ontem, 6 de março, por mais de 50 mil trabalhadores e trabalhadoras, que seguiram em marcha rumo ao Congresso Nacional com uma vasta pauta de reivindicações.



A Delegação do Rio Grande do Norte composta por 85 delegados e delegadas, vindos de todos os Polos Sindicais do Estado, dentre eles os Diretores da FETARN, engrossaram as fileiras na participação da 7ª Marcha das Centrais e dos Movimentos Sociais, organizada pelas principais centrais sindicais brasileiras, entre elas a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a Central dos Trabalhadores (as) do Brasil (CTB).
A delegação da FETARN se juntou à Marcha por volta das 10h da manhã, em frente ao Centro de Convenções Ulysses Guimarães, onde está sendo realizado o 11º CNTTR, e caminhou junto aos participantes de outros movimentos sindicais e sociais até o Congresso Nacional.

A FETARN marcou presença com a sua delegação unida aos mais de 2.500 delegados e delegadas de todos os estados brasileiros. A pauta de reivindicações incluiu reforma agrária, redução da jornada de trabalho sem redução do salário, fim do fator previdenciário, igualdade de oportunidades entre homens e mulheres, política de valorização dos aposentados, ampliação do investimento público, entre outros.

No início da tarde de ontem, houve uma audiência entre os presidentes das centrais sindicais e alguns representantes de movimentos, entre eles o presidente da CONTAG que será reconduzido ao cargo, Alberto Broch, com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa. Em seguida, eles foram recebidos pelo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves.

Fonte: Gilberto Silva – Assessoria FETARN

STR Goianinha faz sua previsão orçamentária

STR de Goianinha comemora com seus associados e associadas as festas de final de ano. Ao mesmo tempo fez sua previsão orçamentária para o ex...