segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Dirigentes discutem gestão administrativa e financeira e política de sustentabilidade do MSTTR



Começou na manhã dessa segunda (19), em Brasília, o Coletivo Nacional de Finanças e Administração da CONTAG. O encontro reúne secretários e assessores da área de todo país para discutir a gestão administrativa e financeira e a política de sustentabilidade do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR), na cerimônia de abertura que contou com a participação do presidente e vice-presidente da CONTAG, Alberto Broch e Alessandra Lunas, respectivamente, e dos secretários de Administração e Finanças, Aristides Santos; Políticas Sociais, José Wilson; e Meio Ambiente, Rosicleia dos Santos. “Temos uma grande responsabilidade porque existe um grande nível de expectativa para o Conselho da CONTAG, já que estamos discutindo a organização do movimento sindical. Precisamos sair daqui com compromissos para o para o MSTTR, no caminho de sua autossustentação”, analisa Aristides Santos.

Para o presidente da CONTAG, esse coletivo é um dos mais importantes, porque trata dos rumos do projeto financeiro do MSTTR para os próximos anos, a ser apresentado durante o Conselho Deliberativo da CONTAG. “Enquanto existirem trabalhadores injustiçados e não implantarmos nosso projeto de desenvolvimento, não abriremos mão de lutar pela construção de um movimento sindical organizado”, garante.

Nas primeiras horas da manhã foi apresentada a pauta da reunião, seguida da apresentação do calendário de atividades da CONTAG (atividades internas e externas e as ações para o 11º Congresso Nacional de Trabalhadores – as Rurais / CNTTR e o Planejamento dos próximos 50 anos da confederação). Segundo José Wilson, a CONTAG “tem o desafio de preparar, projetar e administrar o MSTTR para os próximos anos, para que possamos tirar boas discussões, sempre com o princípio da unidade”.

À tarde, está sendo apresentada a prestação de contas referente ao período de janeiro a setembro desse ano e a previsão orçamentária da CONTAG para o exercício de 2013, além de discutido o Orçamento Participativo e tratado o convenio CONTAG / INSS, nos itens conclusão da revisão do arquivo da CONTAG, demanda para os estados e auditoria com o instituto. Também será apresentada até o final do dia a prestação de contas ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) / Ministério do Trabalho e Emprego, além de discussões sobre contribuição sindical, nos itens regulamentação, resolução do Conselho Deliberativo e efetivação da padronização do modelo e unificação do valor do guia de cobrança em janeiro de 2013. “Trata-se de uma pauta intensa de discussões. Esse momento é fundamental para aprofundarmos encaminhamentos de várias questões, a exemplo do orçamento participativo e da autossustentabilidade da CONTAG”, conclui Alessandra Lunas. O Coletivo de Finanças acontece até amanhã (20).


FONTE: IMPRENSA CONTAG - Maria do Carmo de Andrade Lima

STR Goianinha faz sua previsão orçamentária

STR de Goianinha comemora com seus associados e associadas as festas de final de ano. Ao mesmo tempo fez sua previsão orçamentária para o ex...