quinta-feira, 23 de maio de 2013

Trabalhadores rurais reivindicam uma Reforma Agrária ampla, massiva e de qualidade

22/05/2013| GTB 2013

FOTO: Soraya Brandão

À frente do Palácio do Planalto, os trabalhadores e trabalhadoras protestaram contra a redução significativa das ações de Reforma Agrária no atual governo. No ato, trabalhadores(as) e dirigentes questionaram o modelo de desenvolvimento rural que historicamente vem sendo desenvolvido no país. Um modelo que não prioriza a produção de alimentos, a geração de emprego e a ocupação produtiva, excluindo a população do campo e da floresta das oportunidades de desenvolvimento social e produtivo, o que contribui para o aumento da violência no campo.

Outro questionamento feito pelos participantes durante o ato foi sobre “quem representa verdadeiramente a agricultura familiar”, já que é a CONTAG, ao longo destes 50 anos, a responsável pela conquista das principais políticas públicas que contribuem para a consolidação e o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar.

Para o secretário de Formação e Organização Sindical da CONTAG, Juraci Souto, não há nenhuma dúvida que é a CONTAG que representa a agricultura familiar e a reforma agrária no Brasil. “Defendemos a aprovação do projeto de Lei 751, porque ele define claramente quem é da base da CONTAG. Essa seria apenas uma definição jurídica, pois no campo político nós já os representamos” comentou Souto.


FONTE: Imprensa CONTAG - Soraya Brandão

STR Goianinha faz sua previsão orçamentária

STR de Goianinha comemora com seus associados e associadas as festas de final de ano. Ao mesmo tempo fez sua previsão orçamentária para o ex...