segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Fetarn: Entidade endossa indignação de dirigentes comunitários contra aumento de tarifa de luz


Manoel Cândido
O protesto de dirigentes comunitários de diversos municípios potiguares contra o aumento considerado abusivo praticado a partir de agosto pela Companhia Energética do RN (Cosern), supostamente incluindo na fatura valores relativos ao ICMS dos últimos cinco anos, ganhou o aval da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do RN (Fetarn).
É revoltante. Nós não concordamos com a maneira como a Cosern está fazendo isso [aplicando o aumento nas contas mensais de energia]”, disparou o presidente da Federação, Manoel Cândido da Costa, em entrevista por telefone à Rádio Princesa do Vale, em Assú.
O dirigente explicou que a concessionária deixou de embutir na fatura o percentual correspondente ao ICMS desde 2009.
Só agora quando o Estado faz uma vistoria nesses repasses descobre que estava faltando uma coisa a ser cobrada”, disse.
Esse acúmulo desta diferença que a Cosern deixou de cobrar quer receber [o Estado]todo de uma só vez”, completou.
Sob pressão, a companhia decidiu repassar aos usuários o valor da conta. Manoel Cândido citou como exemplo a situação enfrentada pelo Distrito Irrigado do Baixo-Açu (Diba), no perímetro irrigado Oswaldo Amorim, no Vale do Açu.
O Diba possuía uma conta de consumo de energia mensal variável entre R$ 120 mil a R$ 140 mil.
Com o acréscimo instituído pela Cosern a fatura para a organização que agrega os colonos do projeto irrigado chegou com um valor de R$ 2 milhões.
Então, é impossível que isso aconteça. Não podemos concordar com isso. Quero deixar claro que a nossa Federação também está revoltada com isso”, reiterou o presidente da Fetarn.
Ele disse que os dirigentes de associações rurais que estão sendo surpreendidos com a questão procurem a entidade.
fonte do blog de pauta aberta

STR Goianinha faz sua previsão orçamentária

STR de Goianinha comemora com seus associados e associadas as festas de final de ano. Ao mesmo tempo fez sua previsão orçamentária para o ex...