quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jandaira comemora 42 anos de resistência e luta em defesa dos agricultores e agricultoras familiares

42 anos de resistência e luta em defesa dos agricultores e agricultoras familiares jandairenses, essa é mais uma marca que todos e todas que fazem a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jandaíra comemoram neste dia 12 de dezembro. Luta iniciada por vários companheiros e companheiras em 12 de dezembro de 1972 coordenado pelo primeiro presidente eleito o saudoso Manoel Damasceno Bezerra.

Até os dias atuais várias batalha, resistências e lutas pelos agricultores familiares jandairenses, participações em espaços regionais, estaduais ou mesmo sempre presente nas principais mobilizações de massa do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais - MSTTR através da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte - FETARN e da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura - CONTAG, seja nos Gritos da Terra Brasil estaduais e nacionais, seja nos festivais de juventude rural, seja nas marchas das margaridas e em vários espaços de construção de políticas públicas várias conquistas hoje existentes tiveram a participação deste sindicato através de seus dirigentes e associados.

Mesmo diante os desafios ainda na pauta de nossa agricultura familiar, mas podemos comemorar esses 42 anos com alguns avanços fruto da nossa participação, a conquista da aposentadoria aos 55 anos para as mulheres e aos 60 anos para os homens, onde até 88 só tinha direito o homem e somente meio salário mínimo, o salário maternidade para as agricultoras, o auxilio doença e a pensão por morte são benefícios que depois da luta da constituinte garantiu através da luta do MSTTR e a nossa participação e isso representa economicamente uma injeção de recurso todos os meses no município maior que o Fundo de Participação do Município (FPM) que são so repasses constitucionais repassados a prefeitura através dos impostos. Mas não é tão somente isso, a luta pela reforma agrária e o papel deste sindicato garantiu a organização de três assentamentos, dois pelo INCRA e um pelo Programa Nacional de Crédito Fundiário que são eles: Guarapes, Santa Inês e Trincheiras II, sem falar dos das comunidades de Tubibal e Cabeço oriundas dos Projetos Tubibal e Projeto Jandaíra/Cabeço também teve a participação estratégica desta instituição.

A luta por políticas sociais, políticas agrícolas, de juventude, mulheres e a terceira idade tem sido marca de nossa luta, a luta por melhores condições na saúde, assistência social, direitos das crianças e adolescentes, capacitação profissional, acesso ao ensino superior e de uma educação do campo publica e de qualidade são eixos estratégicos principalmente nos últimos anos por parte dos dirigentes. A viabilização e participação dos agricultores e agricultoras familiares, da juventude em cursos profissionalizantes e o ingresso no ensino superior através de parcerias com as universidades publicas como a UFRN é um exemplo disso.

Em fim, se fossemos relacionar exemplos de conquistas locais e regionais seriam vários, mas paramos por aqui para reafirmamos que fazemos parte da história do desenvolvimento do município de Jandaíra e de modo especial dos agricultores e agricultoras familiares. Parabéns para todos e todas nós.


À Direção.

Postado por STTR de Jandaíra/ RN

STR Goianinha faz sua previsão orçamentária

STR de Goianinha comemora com seus associados e associadas as festas de final de ano. Ao mesmo tempo fez sua previsão orçamentária para o ex...