sexta-feira, 25 de outubro de 2013

“PAC2 é único no mundo”, destaca Pepe Vargas durante entrega de máquinas em Mato Grosso

“O PAC Equipamentos é o maior programa de compras públicas de maquinário do mundo e, é também, o primeiro destinado aos  municípios com população inferior a 50 mil habitantes. São essas localidades que concentram a maior parte dos trabalhadores rurais do Brasil e o estado de Mato Grosso é que reúne o maior número de assentados da reforma agrária e uma grande agricultura de escala familiar.”

A declaração foi feita, nesta sexta-feira (25), pelo ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Pepe Vargas, durante a cerimônia de entrega das chaves de mais um lote de máquinas da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2) a prefeitos de municípios de Mato Grosso.
Ao todo, 78 municípios do estado receberam 44 retroescavadeiras e 34 motoniveladoras, representando um investimento de R$ 20,5 milhões por parte do Governo Federal, por meio do MDA. Com esta doação, o Ministério atingiu a universalização - ou seja, a entrega total - das retroescavadeiras previstas pelo PAC2 para 132 municípios do estado. Até agora, Mato Grosso já recebeu 199 equipamentos, totalizando um investimento superior a R$ 47,7 milhões.
O ministro Pepe Vargas que, juntamente com o governador Silval Barbosa, entregou as chaves dos equipamentos aos prefeitos, assegurou que, no máximo, até maio de 2014, os municípios mato-grossenses receberão as 197 máquinas (132 caminhões-caçamba e 65 motoniveladoras) previstas pelo Programa. Satisfeito com a entrega do maquinário, o governador comprometeu-se a entregar, nas próximas semanas e a todos os municípios, combustível para as prefeituras operar os veículos.
Os equipamentos entregues nesta sexta-feira vão beneficiar cerca de 260 mil pessoas que vivem nas áreas rurais dos municípios selecionados. As máquinas destinam-se à recuperação e construção de estradas vicinais – que ligam o campo à cidade. É por elas que passa a produção da agricultura familiar que, no estado, corresponde a 76% dos estabelecimentos agropecuários.
“Nós, do Governo Federal, estamos cientes da importância dessas máquinas para a população do campo e porque a entrega total representa uma prioridade para a presidenta Dilma. É que por essas estradas passam não só os alimentos produzidos pela agricultura familiar, mas também o transporte escolar, os medicamentos e as ambulâncias”, assinalou, ainda, Pepe Vargas.
Prefeitos como Hermes Bergamin, de Juína; Francisco Endler, de Nova Guarita; e de Novo Mundo, José Hélio Ribeiro da Silva, declararam-se aliviados com a chegada das máquinas. “Precisamos melhorar o acesso às propriedades e a retirada da produção e a condição das estradas é dramática”, disse Francisco Endler. “Há lugares onde enfrentamos muitas dificuldades e as ações do MDA têm sido fundamentais para o trabalho e até a sobrevivência dos trabalhadores”, acrescentou Hermes Bergamin.
A solenidade de entrega das máquinas foi realizada no auditório Alzira Araújo Menezes Catunda, da Superintendência Federal de Agricultura (SFA), em Várzea Grande, município situado a 7,2 quilômetros da capital do estado, Cuiabá. Estiveram presentes cerca de 400 pessoas, entre deputados, prefeitos, vereadores e moradores de cidades beneficiadas com os equipamentos.
Terra Legal
Durante o evento, também foram entregues três títulos urbanos e títulos rurais para agricultores familiares da zona rural da capital inscritos no Programa Terra Legal, também do MDA. Uma das beneficiadas pelo programa, que é responsável pela regularização fundiária de terras federais na Amazônia Legal, foi a agricultora Jesuína de Figueiredo, da gleba Taquari. “Há muito tempo esperava por esta legalização. Acredito que o meu caso sirva de estímulo para outros companheiros e companheiras do campo que também aguardam por esse acontecimento”, disse a trabalhadora rural.
O município de Nobres recebeu os títulos de dois núcleos urbanos – Roda D’água e Bom Jardim. Ao todo, foram doados 87 hectares de terras federais, beneficiando, aproximadamente, 2,7 mil pessoas. Já o município de Novo recebeu 150 hectares de terra que vão beneficiar cerca de 2,6 mil pessoas.

STR Goianinha faz sua previsão orçamentária

STR de Goianinha comemora com seus associados e associadas as festas de final de ano. Ao mesmo tempo fez sua previsão orçamentária para o ex...