sábado, 16 de março de 2013

Fórum do Campo quer Polícia Federal apurando denúncias na distribuição de milho pela Conab de Caicó


Agricultores esperando serem recebidos pela gerência da Conab

Durante a visita que representantes do Fórum do Campo do Seridó fizeram ao escritório da Conab, nesta semana em Caicó foi entregue ao gerente local, João dos Santos uma Carta com várias reclamações dos movimentos sociais e dos agricultores. Eles reclamam que o Governo não está cumprindo o que acordou com os agricultores, o milho não está chegando, e quando chega é insuficiente.Numa gravação que o Blog do Marcos Dantas teve acesso durante a visita da comitiva a Conab, é possível ouvir claramente quando o técnico do Seapac, José Procópio de Lucena diz ao gerente do órgão que o Fórum do Campo tem em mãos várias denúncias de possíveis irregularidades, como a entrega de milho a quem não tem mais animais vivos e a existência no cadastro de nomes de pessoas já falecidas servindo para que terceiros recebam o milho. O Fórum do Campo ameaça entregar o caso à Polícia Federal.


“O movimento quer conhecer quem são os cadastrados, como é que eles vivem, nós vamos a Policia Federal pedir que fiscalizem isso. Temos informações gravíssimas que tem gente que nem tem mais gado e continua recebendo milho. Tem gente até morta inscrita com nome que foi dado por alguém. São hipóteses que precisam ser apuradas. Queremos saber quem já recebeu e quanto já recebeu, quanto em rebanho eles tem”, disse Procópio.Na carta, o Fórum também exige que a Conab crie o programa mais amplo não só do milho, mas do trigo, do babaçu; que priorize o atendimento ao agricultor familiar, e depois, se sobrar milho atenda os outros, e por último que seja criada uma comissão para avaliar os cadastros que tem na Conab.

Blog do Marcos Dantas - Caicó - 16 de março de 2013

STR Goianinha faz sua previsão orçamentária

STR de Goianinha comemora com seus associados e associadas as festas de final de ano. Ao mesmo tempo fez sua previsão orçamentária para o ex...