quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Dilma Rousseff participa do Encontro das Mulheres Camponesas


Presidenta Dilma Rousseff recebe o carinho das mulheres camponesas (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

"O fim da miséria é apenas o começo", Dilma Rousseff


A presidenta Dilma Rousseff lançou nesta terça-feira (19), o primeiro edital de Atuação Conjunta entre o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) e a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), que tem objetivo de beneficiar cooperativas e associações de produtores rurais de agricultura familiar, com prioridade para grupos de mulheres, produtores agroecológicos e povos e comunidades tradicionais.
A expectativa é atender aproximadamente 100 associações e cooperativas, beneficiando 4 mil famílias. Ao todo serão investidos R$ 23 milhões em políticas de produção, aquisição e comercialização dos produtos da agricultura camponesa e a construção de centrais de comercialização de compras de produtos da agricultura com base familiar.
O lançamento ocorreu durante o segundo dia do I Encontro Nacional de Mulheres Camponesas (MMC), que pretende dar mais visibilidade ao papel da mulher na produção de alimentos e, principalmente, ao combate da violência contra a mulher. “As mulheres tem um papel muito importante no meu governo, sei que elas representam um Brasil que se levanta ao sol e nunca se cansa para construir um País melhor. E a mulher brasileira, sobretudo do mundo rural, tem necessidade de ter força, autoestima e ao mesmo tempo determinação” explicou Dilma.
De acordo com a presidenta, o Brasil precisa seguir o exemplo das mulheres camponesas “Que alargam o espaço das mulheres na sociedade. E hoje acredito que o fim da miséria é apenas o começo. Com isso quero dizer que é só um começo para a cidadania, dignidade e liberdade. E isso eu vejo nesse movimento” falou.
Com o tema “Na Sociedade que a Gente Quer, Basta de Violência contra a Mulher!”, mais de 3.000 mulheres assistiram a presidenta Dilma Rousseff falar sobre a importância dos cuidados com a mulher que sofreu violência. “Acabar com a violência contra a mulher é fundamental e exige que estejamos atentas para dar suporte para as mulheres que sofrem violência, seja ela física, mental ou qualquer outra forma. As mulheres que sofrem violência precisam de muitos cuidados, precisam ser amparadas por todas as estruturas da sociedade” disse.
(Janary Damacena – Portal do PT)

FONTE: http://www.pt.org.br/noticias/view/dilma_rousseff_participa_do_encontro_das_mulheres_camponesas

STR Goianinha faz sua previsão orçamentária

STR de Goianinha comemora com seus associados e associadas as festas de final de ano. Ao mesmo tempo fez sua previsão orçamentária para o ex...